Psicoterapia Adolescente

ATENÇÃO

Sob a ameaça eminente da COVID-19, conhecida também como coronavírus, o isolamento social foi a medida emergencial adotada pelas autoridades. Essa reclusão como segurança e cuidado com nossa saúde física pode causar efeitos impactantes para a mente. Afinal, tivemos que mudar bruscamente nossa rotina como trabalho, escola, lazer, vida social. Medos, angústias, ansiedade podem surgir nesse momento.

Estamos vivendo uma situação sem precedentes, e cuidar de nossa saúde mental e emocional é tão importante quanto os cuidados com nossa saúde física.

Estamos oferecendo atendimento psicológico online como forma de apoio, acolhimento, orientações de como agir diante dessa crise, ajudar no controle da ansiedade, pânico, fobias, depressão, crise familiar, orientação a pais e outras emoções e situações que possam surgir.

O psicólogo online poderá realizar consultas de psicoterapia, aconselhamento e orientação psicológica de forma virtual em caráter emergencial ou não.

Isolamento não é solidão nem castigo. Procure a ajuda de um psicólogo. Marque sua terapia online.

 Vamos passar por essa juntos.

PRATICAMOS VALORES ACESSÍVEIS.
INFORMAÇÕES WHATSAPP
: 11 97697-4905

A maioria dos pais ficam mais atentos e preocupados com o desenvolvimento de seus filhos na infância. Na psicologia, as teorias e práticas estão também voltadas a essa fase. Porém, podemos afirmar que a pré-adolescência e a adolescência propriamente dita merecem a mesma importância e cuidados, senão maior.
A adolescência é uma fase caracterizada por diversas mudanças, onde tudo se transforma: corpo, gestos, pensamentos, emoções, desejos, valores, objetivos e responsabilidades. A infância dá lugar a uma nova identidade e as estruturas de personalidade ainda não estão completamente sedimentadas. Surgem então novas experiências, questionamentos, sonhos, rebeldias, decepções, vitórias. Nessa fase o adolescente escolhe coisas básicas para sua vida como: profissão, relacionamentos amorosos, relacionamento social, valores, hábitos, etc.

Todo adolescente passa pelo que chamamos na psicologia de Síndrome da Adolescência Normal, caracterizada por comportamentos como: busca de si mesmo e da identidade adulta, tendência grupal, necessidade de intelectualizar e fantasiar, crises religiosas, deslocação temporal (urgência em fazer algumas coisas), evolução sexual, atitudes sociais reivindicatórias, contradições sucessivas em todas manifestações de conduta, separação progressiva dos pais e constantes flutuações do humor e estado de ânimo. Soma-se a todas essas revoluções internas e externas, o início do processo de desidealização dos pais. Essas transformações e questionamentos naturais da adolescência já sugerem a indicação de psicoterapia, que ajudará de forma efetiva para que essa passagem se dê de forma mais equilibrada e saudável para o adolescente.

Porém, para os pais e familiares, as mudanças de comportamentos típicos dessa fase podem ser consideradas inadequadas e até patológicas. E de fato, na maioria das vezes, os transtornos e patologias eclodem nessa idade.

É na adolescência que ocorrem experiências de novos relacionamentos fora do ambiente familiar, marcados pela expressão da individualidade: amigos, namoros, alianças ou grupos que possibilitem compartilhar a forma de ver o mundo, normalmente distintos da forma que os pais o vêem. Tudo isto acontece no indivíduo com o intuito de estabelecer traços de sua personalidade adulta e marcar sua singularidade, com o objetivo de encontrar sua identidade pessoal.

Este momento é marcado por exposições a riscos, coragem, rebeldias, transgressões, inseguranças, experimentação de substâncias químicas viciantes como drogas, tabaco ou álcool, algumas vezes experimentação do sexo, etc. E estas são situações que muitas vezes proporcionam reflexões profundas nos pais por não estarem preparados para administrar sem interferir de forma proibitiva na boa formação da personalidade e ajudar seu filho em suas escolhas.Portanto, é importante que os pais prestem atenção a alguns sintomas e sinais que são sugestivos de problemas emocionais.

Algumas situações onde a psicoterapia é indicada:

– Baixo rendimento escolar
– Abandono de certas atividades com amigos ou familiares / isolamento.
– Traços de ansiedade / depressão.
– Provocar danos em si mesmo (automutilação) ou ao outro.
– Infelicidade / tristeza excessivos.
– Distúrbios alimentares: anorexia / bulimia / obesidade.
– Baixa autoestima e dificuldades relacionadas ao corpo / imagem corporal.
– Problemas relacionados com a sexualidade e/ou formação de identidade.
– Comportamentos de oposição / agressividade / mentiras / inadaptação familiar.
– Gestação precoce.
– Ideias suicidas.
– Uso de drogas / Álcool.
– Dificuldade para ter independência dos pais
– Falta de orientação vocacional, indecisão quanto a escolha de profissão, entre outros.

A psicoterapia do adolescente, busca criar um espaço acolhedor com o objetivo de fazer o jovem sentir-¬se compreendido em suas turbulências. Esse entendimento, favorece a reflexão sobre as mudanças que o adolescente está vivenciando. A dedicação e atenção do psicoterapeuta neste momento é de fundamental importância, pois auxilia o adolescente a rever algumas crenças e pensamentos errôneos em relação às suas escolhas.

O psicólogo irá auxiliar o encontro do adolescente consigo mesmo, proporcionando um espaço acolhedor de forma que ele se sinta compreendido e melhor preparado para escolher o seu melhor caminho.

Alguns benefícios que a psicoterapia pode oferecer ao adolescente e seus familiares:
– Promover o autoconhecimento e amadurecimento emocional no jovem.
– Facilitar a reflexão e entendimento sobre o processo físico/¬emocional próprio da adolescência.
– Dar ao adolescente a oportunidade de ampliar o entendimento sobre suas angústias, medos, indecisões, dificuldades auxiliando-o na superação de seu sofrimento psíquico.
-Contribuir para que o adolescente possa optar por comportamentos que lhe ajudem a lidar com as situações adversas.
– Auxilia a desenvolver novas perspectivas e adotar caminhos mais construtivos e saudáveis.
– Ajudar o jovem a ter autonomia e responsabilidade sobre seus comportamentos (atitudes, sentimentos, pensamentos, dentre outros), chegando à vida adulta de maneira mais tranquila e sem tantas inseguranças e crenças que, geralmente, a adolescência acarreta.

Ajudar os pais a compreenderem todas as mudanças que acontecem nessa fase e ajuda-os a entenderem seus filhos, faz parte do trabalho do psicólogo. Os pais têm papel muito importante no processo terapêutico de seu filho, pois, geralmente a busca da psicoterapia para o adolescente parte dos pais. Em alguns momentos haverá a necessidade da presença dos pais durante o processo. Esses encontros com os pais são de fundamental importância para que estes compreendam que muitas de suas atitudes e comportamentos podem influenciar na vida de seus filhos e que precisam também fazer mudanças para auxiliar no processo de desenvolvimento dos mesmos.

Av. Jabaquara, 1554 – Mirandópolis – Próx. ao metrô Saúde

contato@equilybracompany.com.brequilybrapsicologia@hotmail.com

Whatsapp: 11 9 7697-4905

CRP PJ 06/7294/J

Telefones : (11) 4507-7650 / (11) 4507-7651 / (11) 9 7555-4312