Psicoterapia Casal/Família

ATENÇÃO

Sob a ameaça eminente da COVID-19, conhecida também como coronavírus, o isolamento social foi a medida emergencial adotada pelas autoridades. Essa reclusão como segurança e cuidado com nossa saúde física pode causar efeitos impactantes para a mente. Afinal, tivemos que mudar bruscamente nossa rotina como trabalho, escola, lazer, vida social. Medos, angústias, ansiedade podem surgir nesse momento.

Estamos vivendo uma situação sem precedentes, e cuidar de nossa saúde mental e emocional é tão importante quanto os cuidados com nossa saúde física.

Estamos oferecendo atendimento psicológico online como forma de apoio, acolhimento, orientações de como agir diante dessa crise, ajudar no controle da ansiedade, pânico, fobias, depressão, crise familiar, orientação a pais e outras emoções e situações que possam surgir.

O psicólogo online poderá realizar consultas de psicoterapia, aconselhamento e orientação psicológica de forma virtual em caráter emergencial ou não.

Isolamento não é solidão nem castigo. Procure a ajuda de um psicólogo. Marque sua terapia online.

 Vamos passar por essa juntos.

PRATICAMOS VALORES ACESSÍVEIS.
INFORMAÇÕES WHATSAPP
: 11 97697-4905

Nos últimos anos tem sido notória a queda da qualidade nas relações. Estamos vivendo uma geração onde o ¨Eu¨ prevalece sobre o ¨Nós em todos os sentidos.
O estar junto é muito complexo, porque envolve dois seres com histórias, valores, vivências e educação muitas vezes distintas, tentando coexistir dentro de uma relação afetiva.
A falta de tempo e as pressões do trabalho também afetam o relacionamento. Casais muito ocupados podem acabar negligenciando a relação, se distanciando ou priorizando sempre outras partes de sua vida, levando à mágoas e frustrações. Outras vezes, sentem-se cansados e esgotados quando chegam em casa e acabam não respondendo às necessidades de seus parceiros. Isso também se acentua quando o casal tem filhos pequenos.

A terapia de casal pode ser procurada por namorados, noivos, casados, independentemente de idade e orientação sexual.
Alguns motivos de sua procura:
– Aprimorar o bem-estar conjugal.
– Decidir por uma separação X resgate do relacionamento.
– Dificuldades de comunicação / interação.
– Insatisfações sexuais.
– Infidelidade.
– Violência doméstica.
– Mágoas do passado.
– Rotina / monotonia.
– Distanciamento / inafetividade / desinteresse
– Ciúmes excessivo.
– Presença de controle / manipulação / competição
– Desequilíbrio com a chegada ou saída dos filhos.
– Instabilidade por situações pontuais: luto / mudança de cidade / crise na profissão / instabilidade financeira
– Incompatibilidade na educação dos filhos e outros….
A psicoterapia de casais está focada na interação e nas dificuldades em que o casal está vivendo. O psicólogo trabalha diretamente com ambos os parceiros buscando auxiliar na identificação de conflitos, proporcionando reflexões para que o casal consiga compreender melhor um ao outro e consequentemente melhorar a forma de se relacionarem.
Muitas pessoas tem uma ideia errônea sobre o objetivo ou papel do psicólogo de casal. O profissional não está a serviço de decidir ou direcionar qualquer que sejam as dificuldades do casal: se devem separar ou não, ou defender quem está certo, ou definir os caminhos a serem tomados, etc.
O psicólogo irá proporcionar um ambiente livre de julgamentos e preconceitos, no intuito de facilitar o casal a chegarem a conclusões e decisões mais saudáveis para ambos.
Infelizmente a maioria dos casais buscam a ajuda profissional quando a situação já está crítica, as vezes ficando impossível o resgate do relacionamento.
Antes da crise se estabelecer no casal, aparecem ¨sinais¨de que as coisas não estão indo bem: pequenas insatisfações, desacordos, decepções. As vezes percebidos ou sentidos por ambos ou somente por um dos dois.
Esse seria o momento ideal de buscar a terapia de casal, ou melhor, uma orientação de casal. A orientação de casal ou aconselhamento de casal tem como objetivo principal a prevenção e manutenção da saúde da relação. A proposta desse trabalho é fazer um check-up da relação, visando melhorias, equilíbrio e a continuidade de um relacionamento saudável. O foco da orientação do casal é identificar a presença de pequenas insatisfações e sofrimentos na relação, buscando soluções e assim, interromper a possível avalanche de dificuldades que vão se acumulando, evitando situações de crises crônicas futuras.

Sendo terapia ou orientação de casal, alguns objetivos a serem alcançados:
– Identificar objetivos comuns.
– Melhorar a comunicação.
– Negociar e equilibrar as diferenças individuais dentro da relação.
– Aprender a compartilhar responsabilidades dentro do relacionamento.
– Desenvolver estratégias para manter e fortalecer o compromisso.
– Auxiliar na tomada de decisões.
– Entender as diferenças e necessidades do outro.
– Superar a infidelidade ou traição.
– Melhorar a vida sexual
– Resgatar a cumplicidade / afetividade / respeito / intimidade.
– Promover a qualidade geral do relacionamento e a satisfação conjugal.

PSICOTERAPIA FAMILIAR
”A Terapia Familiar não é uma terapia à família, mas com a família”.
A família exerce um papel fundamental na formação e no desenvolvimento do ser humano. Ela é composta por pessoas que estabelecem profundas ligações emotivas entre si, que são naturalmente complexas e diferentes, designando assim, um conjunto de elementos ligados entre si.
A terapia familiar consiste em um diálogo construído e desenvolvido com o tempo, envolvendo um psicólogo familiar e uma família normalmente em conflito e sofrimento. São realizadas sessões dinâmicas onde todos os membros daquele núcleo familiar participam.
Geralmente a iniciativa de se fazer uma psicoterapia familiar não vem da família, mas de um membro que procura ajuda por conta de algum sintoma ou conflito e fica claro que esse sofrimento está diretamente relacionado ao funcionamento familiar. Então, o psicólogo faz a sugestão de envolver os outros membros da família no processo.
Alguns exemplos para a busca da terapia familiar:
– Resistência a chegada de um membro novo no núcleo familiar.
– Doenças crônicas, degenerativas ou terminais.
– Uso de substâncias químicas.
– Abuso de poder, autoridade, violência familiar.
– Filhos com necessidades especiais.
– Dificuldades em se adaptar a mudanças como situação financeira, status, distanciamento de algum membro.
– Dificuldades na comunicação, problemas com regras, limites, hierarquia.
– Fase específica da vida como adolescência, síndrome do ninho vazio, separações, luto, entre outros.
Através de técnicas, o psicólogo familiar proporciona questionamentos e reflexões favoráveis à mudança, sempre trabalhadas com todos os membros da família visando estabelecer progressos na família como um todo.

Principais objetivos alcançados:
– Identificar e compartilhar emoções.
– Trocar experiências ampliando assim a percepção dos acontecimentos.
– Maior clareza e compreensão dos fatos e do funcionamento familiar.
– Melhorar a comunicação entre os membros.
– Aumentar a capacidade de tomada de decisões e de responsabilidades individuais e grupais.
– Desenvolver mudanças efetivas favoráveis a uma melhor qualidade de vida pessoal e familiar.

Av. Jabaquara, 1554 – Mirandópolis – Próx. ao metrô Saúde

contato@equilybracompany.com.brequilybrapsicologia@hotmail.com

Whatsapp: 11 9 7697-4905

CRP PJ 06/7294/J

Telefones : (11) 4507-7650 / (11) 4507-7651 / (11) 9 7555-4312